Ponto

ponto cego
atrás das cores.
ponto flutuante
ante os dias.
cores flores cores.
fluorescente.
incandescente.
descente.
indescente.
desce.
nascente.
esconderijo.
ponto cego.
ponto.
ego.
prego.
lego.
não nego.
brinquedo quebrado.
calado.
trancado.
cada lado.
um lado.
dois lados.
tomando coca.
comendo.
tomando coca.
cola.
cola aqui.
cola acolá.
sempre viva.
sempre livre.
sempre.
sem.
sem sombras.
duvida.
sobras.
divida.
dividida.
dádiva.
dá.
deu .
deutério.
telurio.
escuro.
puro .
muro.
mudo.
esteriotipado.
precipitado.
encarcerado.
parado .
pronto.
ponto.

Anúncios

~ por lucianops em julho 7, 2008.

3 Respostas to “Ponto”

  1. Cara, adorei esse poema! A brincadeira com os sons e as palavras… muito legal! Parabéns, Lu. Bjoka

  2. Oi! Belo poema. A propósito, encontrei o artigo que estava perdido. Se ainda o quiser, faça contato.

  3. de tanto ponto até fiquei tonto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: